Telefone: (11) 2061-8461

Instrumentação

media-tensao-epr-105c

300V BC

Aplicação

Os cabos de instrumentação são indicados para sinais digitais, alimentação, PLC, transdutores em plantas industriais química, petroquímica, celulose, etc.
São especialmente recomendados para instalações fixas em bandejas, eletrocalhas, leitos, eletrodutos (embutidos ou expostos), painéis elétricos, canaletas subterrâneas, banco de dutos, etc.

Construção

Condutor:
Cobre eletrolítico, têmpera mole, nu, encordoamento classe 2, conforme NBR NM 280.
Isolação:
Policloreto de vinila, tipo PVC/E (105 °C).
Identificação:
Par preto e branco numerados sequencialmente PT1; BR1; PT2; BR2; VM2; ...; PTn; BRn; VMn.
Passo de torção dos pares ou ternas
50 a 65 mm.
Separador
Fita não higroscópica aplicada sobre reunião dos pares ou ternas:
Blindagem eletrostática total:
Fita de alumínio + poliéster com condutor dreno de cobre estanhado em contato elétrico com alumínio.
Cabo de comunicação:
Condutor de cobre com seção 0,5 mm² isolado com PVC/A (70 °C) na cor azul.
Cobertura:
Policloreto de vinila (PVC), tipo ST1, na cor preta.

Tensão de Isolamento

300 V

Temperatura máxima no condutor

Regime permanente 105 °C.

Ensaios de rotina

Resistência elétrica do condutor a 20 °C.
Tensão elétrica em corrente alternada.
Resistência de isolamento à temperatura ambiente.

Performance e benefícios

Característica de transmissão de sinal claro e com baixo ruído magnético.
Ótima flexibilidade.
Proporciona descarga eletrostática do conjunto.
Boa resistência à umidade.
Excelente característica antichama, autoextinguível, atende ao ensaio de propagação vertical da chama (ensaio de fogueira), conforme NBR NM IEC 60332-3-23, categoria B.
Resistência a determinados produtos químicos.
Resistência à radiação solar (UV).
Certificação de produtos voluntária emitida pela BRTÜV (organismo certificador credenciado pelo Inmetro).

Normas aplicáveis

NBR NM 280 (IEC 60228) - Condutores de cabos isolados.
NBR 10300 - Cabo de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 300 V.

Faça o Download do catálogo para maiores informações

media-tensao-epr-105c

300V BIC

Aplicação

Os cabos de instrumentação BIC são indicados para sinais analógicos de 4 a 20 mA, instrumentação ponto a ponto, PLC, protocolo Hart®, digitais de forma a evitar interferências em outros tipos de sinais, termorresistências, em locais com interferências externas, nas plantas industriais química, petroquímica, celulose, entre outras.
São especialmente recomendados para instalações fixas em bandejas, eletrocalhas, leitos, eletrodutos (embutidos ou expostos), painéis elétricos, canaletas subterrâneas, banco de dutos, etc.

Construção

Condutor:
Cobre eletrolítico, têmpera mole, nu, encordoamento classe 2, conforme NBR NM 280.
Isolação:
Policloreto de vinila, tipo PVC/E (105 °C).
Identificação:
Par: preto e branco numerados sequencialmente: PT1; BR1; PT2; BR2; ...; PTn; BRn. Terna: preto, branco e vermelho numerados sequencialmente: PT1; BR1; VM1; PT2; BR2; VM2; PTn; BRn; VMn.
Cabo de Comunicação:
Condutor de cobre com seção 0,5 mm² isolado com PVC/A (70ºC) na cor azul.
Passo de torção dos pares ou ternas:
50 a 65 mm.
Separador individual e total:
Fita não higroscópica aplicada sobre reunião do par blindado individualmente e sobre a reunição de todos os pares.
Blindagem eletrostática individual e total:
Fita de alumínio + poliéster com condutor dreno de cobre estanhado em contato elétrico com alumínio.
Cabo de comunicação:
Condutor de cobre com seção 0,5 mm² isolado com PVC/A (70 °C) na cor azul.
Cobertura:
Policloreto de vinila (PVC), tipo ST1, na cor preta.

Tensão de Isolamento

300 V

Temperatura máxima no condutor

Regime permanente: 105 °C.

Ensaios de rotina

Resistência elétrica do condutor a 20 °C.
Tensão elétrica em corrente alternada.
Resistência de isolamento à temperatura ambiente.

Performance e benefícios

Característica de transmissão de sinal claro e com baixo ruído magnético.
Ótima flexibilidade.
Proporciona descarga eletrostática do par (ou terna) e total.
Boa resistência à umidade.
Excelente característica antichama, autoextinguível, atende ao ensaio de propagação vertical da chama (ensaio de fogueira), conforme NBR NM IEC 60332-3-23, categoria B.
Resistência a determinados produtos químicos.
Resistência à radiação solar (UV).
Certificação de produtos voluntária emitida pela BRTÜV (organismo certificador credenciado pelo Inmetro).

Normas aplicáveis

NBR NM 280 (IEC 60228) - Condutores de cabos isolados.
NBR 10300 - Cabo de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões até 300 V.

Faça o Download do catálogo para maiores informações

media-tensao-epr-105c

CABO PARA ALARME DE INCÊNDIO

Construção

Condutor:
Cobre eletrolítico, têmpera mole, nu, encordoamento classe 2, conforme NBR NM 280.
Isolação:
Policloreto de vinila, tipo PVC/EB (105°C), antichama e livre de metais pesados.
Identificação:
Par: preto e vermelho.
Terna: preto, vermelho e branco.
Separador:
Fita não higroscópica aplicada sobre o par ou terna.
Blindagem eletrostática total:
Fita de poliéster aluminizada + condutor dreno de cobre estanhado em contato elétrico com o alumínio.
Cobertura:
Policloreto de vinila, tipo PVC ST1 (70ºC), antichama e livre de metais pesados na cor vermelha.

Tensão de Isolamento

300 V ou 600 V.

Normas aplicáveis

NBR NM 280 (IEC 60228): Condutores de cabos isolados.
NBR 17240: Sistema de detecção e alarme de incêndio, projeto, instalação, comissionamento, manutenção. de sistema de detecção e alarme de incêndio e seus requisitos.
NBR 10300: Cabo de instrumentação com isolação extrudada de PE ou PVC para tensões de até 300V.

Faça o Download do catálogo para maiores informações